• XMan

Como investir em Bitcoins?

Os últimos anos foram de grande destaque para as criptomoedas. Você já pensou em investir em bitcoin? Em 2019 a criptomoeda valorizou cerca de 300%.

As consequências disto é que a quantidade de investidores em criptomoedas no Brasil superou o número de pessoas com conta na Bovespa, a bolsa de valores brasileira. Tem muita gente de fora do mercado de criptomoedas que está querendo entrar, então preparamos este guia completo de como começar a investir em bitcoin.



1- Conheça o mercado Antes de investir em bitcoin, o mais importante é que você invista um pouco do seu tempo para entender a respeito do mercado. Busque informações sobre o ativo: O que é bitcoin? Como funciona? Como guardá-lo? Investir algumas horas para entender o funcionamento do mercado pode evitar futuras perdas financeiras. Mesmo que você já esteja acostumado com outros investimentos, como em ações, busque saber a dinâmica particular das criptomoedas. 2 – Saiba equilibrar seus investimentos Investir em bitcoin pode parecer muito tentador quando você observa a valorização acumulada dos últimos anos, ou até mesmo quando uma moeda valoriza 20% em apenas 24 horas. Seu maior inimigo no mercado é você mesmo – é preciso saber controlar suas emoções e nunca aplicar mais do que você está disposto a perder. Isso porque as criptomoedas são extremamente voláteis. Uma moeda pode muito bem valorizar cerca de 20% em um dia, mas perder 50% do seu preço no dia seguinte. Por essa razão o bitcoin e outras criptomoedas são tidos como um investimento de alto risco. Faz sentido você investir em bitcoin uma parte de seu capital, devido à expectativa de retorno elevado. O ideal é que inicialmente seja feito um aporte pequeno, para buscar se adaptar à realidade e dinamismo do mercado. Diferentemente dos investimentos em ações, onde as bolsas de valores possuem horário de abertura e fechamento, o mercado de bitcoin funciona 24 x 7 x 365, ou seja, 24 horas por dia, 7 dias na semana e 365 dias no ano. Ele nunca fecha. Diversifique seu dinheiro em diferentes tipos de investimentos, que possuam riscos diferentes. Por exemplo: tesouro direto (renda fixa), ações e bitcoin e outras criptomoedas. 3 – Cuidado com fórmulas mágicas No mercado de criptomoedas, assim como em qualquer outro espectro da vida, existirão pessoas oferecendo “fórmulas mágicas” para enriquecer. Um ponto fundamental para se dar bem com as criptomoedas é não se deixar enganar por tais propostas. Na grande parte das vezes (para não dizer 100% dos casos), essas ofertas se tratam de convites para participar de Esquemas Ponzi, as famosas pirâmides financeiras. 4 – Como começar a investir em bitcoin? Para comprar bitcoin, recorra sempre a um local seguro. Existem dois métodos principais para comprá-los – diretamente de outra pessoa (P2P) ou através de uma corretora de bitcoin e outras criptomoedas. Se você não entende muito bem o funcionamento do P2P, aconselho que realize suas primeiras compras em uma corretora de bitcoin. É muito importante escolher uma empresa confiável para negociar seus bitcoins, por isso sempre observe alguns quesitos – tempo de mercado, transparência e reputação. 5 – Segurança Depois de adquirir suas primeiras frações de bitcoin, ou de qualquer outra criptomoeda, preocupe-se com a segurança de seu dinheiro. Só deixe seu dinheiro em Exchanges (corretoras) caso vá realizar operações de trade (compra e venda). Caso contrário, é imprescindível que você tenha uma carteira para guardar suas criptomoedas. 6 – Aproveite todo potencial da nova economia Se você seguiu todas as dicas acima, você tem todo potencial para desfrutar da nova economia descentralizada Fonte: foxbit